Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior

O Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros tem como objetivo a difusão da literatura e da produção intelectual brasileira no exterior e já conquistou lugar de destaque no mercado internacional e nas políticas culturais, por ser um importante e contínuo instrumento de internacionalização da cultura nacional.

O Programa existe desde 1991 e foi reformulado em 2011 com reforço orçamentário (LOA e Fundo Nacional de Cultura) e com ampla divulgação no mercado internacional. Inicialmente, era composto apenas pelo Edital de apoio à tradução, o qual concede bolsas a editoras estrangeiras que tenham interesse em traduzir ou reeditar obras brasileiras.

Em 2012, foram lançados 3 novos editais, com o mesmo objetivo de ampliar, aperfeiçoar e consolidar a presença da literatura brasileira no exterior, a saber: Edital de apoio ao Intercâmbio de autores brasileiros, Edital de apoio à publicação de obras brasileiras em países da Comunidade de países de língua portuguesa (CPLP) e o Edital de apoio à Residência de Tradutores Estrangeiros no Brasil.

Editais

  1. Edital de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior concede apoio financeiro a editoras estrangeiras com vistas à tradução e/ou publicação de obras de autores brasileiros.  A partir de 2015, Edital passou a admitir projetos de editoras de países de língua portuguesa, incorporando o Edital CPLP.
    • Funcionamento: Desde 2011, o Edital funciona de maneira contínua. As editoras encaminham projetos de acordo com as normas estabelecidas em editais bienais. As inscrições são avaliadas por uma comissão composta por representantes da FBN, MinC, MRE e um consultor externo que se reúne duas ou três vezes ao longo do ano.  O apoio é formalizado mediante um termo de compromisso. A primeira parcela é paga após a assinatura do termo e a segunda, condicionada à publicação da obra traduzida em um prazo de até 24 meses e ao recebimento de exemplares enviados à FBN.
    • O Edital de Apoio à Tradução e à Publicação é certamente um dos programas mais longevos de apoio à difusão da cultura brasileira no exterior. De 1991 a 2018, 1025 bolsas foram concedidas a editoras estrangeiras de 55 países para apoio à tradução e à publicação de obras de mais de 300 autores em sua maioria ficção, e, em menor número, ciências humanas, poesia, literatura infantil e juvenil e HQs.
  2. O Edital de Intercâmbio concede apoio a editoras ou instituições culturais estrangeiras (inclusive centros culturais, feiras, festivais literários, universidades e entidades afins) que tenham interesse em convidar autores brasileiros para leituras, palestras ou debates em seus respectivos países.
    • Funcionamento: As inscrições são avaliadas por uma comissão composta por representantes da FBN, MinC, MRE e um consultor externo.
    • Última edição em 2016. Retomada prevista em 2019.
  3. O Edital de Residência de Tradutores permite ao tradutor estrangeiro beneficiar de um período de residência no Brasil pesquisando, dialogando com autores e trabalhando em seu projeto de tradução.
    • Funcionamento: Edital anual. As inscrições são avaliadas por uma comissão composta por tradutores, professores e pesquisadores. O apoio é formalizado mediante um termo de compromisso. A bolsa é concedida em duas parcelas: a 1ª no momento da assinatura do termo, a 2ª após a chegada do tradutor ao Brasil.
    • Última edição em 2016. Retomada prevista em 2019.

Atividades paralelas ao Programa de Tradução

  1. Participação institucional em feiras internacionais do livro.
  2. Publicação da Revista Machado de Assis – literatura brasileira em tradução por meio do Edital de Coedição sem ônus da FBN, em parceria com o Instituto Itaú Cultural. Desde 2012, foram publicadas 7 edições.
  3. Oficinas de tradução, debates e palestras.

No âmbito das atividades de divulgação do Programa de Tradução, o CCD, em parceria com outras instituições, organizou e participou de uma série de encontros, colóquios e oficinas sobre literatura e tradução. 

Resultados

Total de bolsas concedidas, 1991-2019

1.065 bolsas concedidas: deste total, 950 obras de autores brasileiros já foram publicadas (até setembro 2018).

Os principais autores (1991-2017)

Determinados autores brasileiros conquistaram maior atenção dos editores estrangeiros e dão sinais em relação ao interesse do público leitor internacional. A seguir, a lista dos dez primeiros de um total de 335 autores.

Autor Obras traduzidas
Clarice Lispector 42
Machado de Assis 40
Jorge Amado 26
Rubem Fonseca 22
Alberto Mussa 17
Moacyr Scliar 16
Adriana Lisboa 16
Luiz Ruffato 13
Daniel Galera 11
Ferreira Gullar 11

Os principais destinos (1991-2018)

Alguns países concentram maior número de projetos contemplados ao longo do período 1991-2018. A lista a seguir detalha os dez primeiros colocados em uma lista que conta com 56 países.

Autor Obras traduzidas
Clarice Lispector 42
Machado de Assis 40
Jorge Amado 26
Rubem Fonseca 22
Alberto Mussa 17
Moacyr Scliar 16
Adriana Lisboa 16
Luiz Ruffato 13
Daniel Galera 11
Ferreira Gullar 11

 

Resultados das pesquisas

2019

“Roça Barroca” de Josely Vianna Baptista está sendo traduzido para sueco por Ulla M Gabrielsson.