Encontro de tradutores na BN

tradução, Programa de Residência de Tradutores Estrangeiros no Brasil
Data: 
10/4/2017
Período e horários: 
A partir das 17h
A Biblioteca Nacional (BN) convida para o debate “Encontro de tradutores na BN”, em que os tradutores participantes do Programa de Residência de Tradutores Estrangeiros apresentam e comentam o seu trabalho na Biblioteca Nacional.

cobertura-3514-encontro-tradutores-bn.jpg

Jessica Falconi, Nikolaos Pratsinis, Mele Pesti e Teresa Arijón
Jessica Falconi, Nikolaos Pratsinis, Mele Pesti e Teresa Arijón

O evento conta com as presenças de:

  • Jessica Falconi (Itália), tradutora de Hotel Atlântico, de João Gilberto Noll
  • Mele Pesti (Estônia), tradutora de Barba ensopada de sangue, de Daniel Galera
  • Nikolaos Pratsinis (Grécia), tradutor de Amar, verbo intransitivo, de Mário de Andrade
  • Teresa Arijón (Argentina), tradutora de Línea de tiempo, seleção de ensaios de Heloísa Buarque de Hollanda

Além dos próprios tradutores, o “Encontro de tradutores na BN” conta com a participação de acadêmicos comentadores que vão estimular as discussões em torno dos temas em debate:

  • Andrea Lombardi (UFRJ)
  • Davi Pessoa (UERJ)
  • Marcelo Jacques de Moraes (UFRJ)
  • Susana Kampff Lages (UFF)

Programa de Residência de Tradutores Estrangeiros no Brasil

O Programa oferece bolsas a tradutores estrangeiros de literatura brasileira. Em visita ao país, os tradutores cumprem um roteiro de pesquisa e trabalho e participam de atividades promovidas pela BN em colaboração com instituições como Casa Guilherme de Almeida – Centro de Estudos de Tradução Literária, Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), entre outras.

Sobre os tradutores

Jessica Falconi é pesquisadora na área de Literatura de Língua Portuguesa, na Universidade de Lisboa. Possui doutorado em Estudos Ibéricos pela Universidade de Nápoles “L’Orientale”, onde exerceu atividade docente, entre 2007 e 2013, na área de Tradução, Língua Portuguesa e Literatura. É tradutora de português para italiano, com enfoque especial na literatura portuguesa e brasileira. Entre os autores traduzidos estão Lima Barreto, Franklin Távora, Manuel Antônio de Almeida, Milton Santos, Irene Lisboa, Raúl Brandão.

Mele Pesti é leitora na Universidade Tecnológica de Tallin, onde concluiu doutorado com a tese “Antropofagia como estratégia cultural brasileira”. Contribui para revistas e jornais culturais estonianos. É observadora eleitoral da União Europeia em países da América Latina e África Lusófona. Para o estoniano, traduziu uma seleção de contos de Rubem Fonseca e o romance “Cidade de Deus”, de Paulo Lins.

Nikolaos Pratsinis é tradutor de inglês, espanhol, português e catalão para o grego, professor de tradução e tradutor-intérprete.  Após ter se licenciado em Química pela Universidade de Atenas, cursou mestrado na Universidad Complutense, em Madrid, e estudou Língua e Literatura Portuguesa em Lisboa. Entre outros autores, traduziu Machado de Assis, Adolfo Bioy Casares, Juan Rulfo e Nuno Júdice.

Teresa Arijón é poeta e tradutora. Entre outros autores, traduziu obras de Clarice Lispector, Hilda Hilst, Adriana Lisboa e Alberto Mussa. Em parceria com Bárbara Belloc, idealizou a coleção ‘Nomadismos’, que já apresentou aos leitores de língua espanhola amostras da produção ensaística brasileira nas vozes de Ana Cristina Cesar, Ferreira Gullar, Hélio Oiticica, Oscar Niemeyer e Waly Salomão.

Informações complementares: 
Entrada livre
Local

Auditório Machado de Assis

Rua México s/n Rio de Janeiro, RJ 20031-144