Escrita e tradução em debate, com Ana Paula Maia e Alexandra Joy Forman

tradução, literatura, romance, literatura brasileira
Data: 
13/6/2018
Período e horários: 
a partir das 16h
A Fundação Biblioteca Nacional e o programa MFA of the Americas (Master of Fine Arts of the Americas – Stetson University, Flórida – EUA) convidam para um debate sobre escrita e tradução no dia 13 de junho (16h) com Ana Paula Maia e Alexandra Joy Forman: uma sessão de leituras a partir dos dois últimos livros de Ana Paula Maia, ‘Enterre seus mortos’ e ‘Assim na terra como embaixo da terra’, seguida por uma conversa mediada por Teresa Carmody, diretora do MFA.

cobertura-4241-escrita-traducao-debate-com-ana-paula-maia.jpg

Ana Paula Maia, Alexandra Joy Forman e Teresa Carmody participarão de debate na Biblioteca Nacional no dia 13 de junho de 2018.
Ana Paula Maia, Alexandra Joy Forman e Teresa Carmody participarão de debate na Biblioteca Nacional no dia 13 de junho de 2018.

Como a experiência de escrever pode ser considerada uma tradução? Como devemos encarar as perdas inevitáveis tanto na tradução quanto na escrita? Quais qualidades (e economias) são transformadas, transferidas e negociadas na passagem do português brasileiro para o inglês americano?

Ana Paula Maia é escritora e roteirista. Autora com sete títulos publicados, incluindo o mais recente Enterre seus mortos (Companhia das Letras, 2018). Sua trilogia composta por Entre rinhas de cachorros e porcos abatidos, O trabalho sujo dos outros e Carvão animal foi traduzida por Alexandra Joy Forman e publicada nos Estados Unidos no volume único Saga of Brutes (Dalkey Archive Press, 2016). Suas obras foram também traduzidas e publicadas na Alemanha, Argentina, Espanha, França e Sérvia, e seus contos fazem parte de antologias lançadas no Brasil e no exterior.

Alexandra Joy Forman trabalha com histórias. Como leitora e ouvinte atenta, ajuda as pessoas a relatarem e documentarem episódios de suas vidas e acredita na tradução como ferramenta para construção de uma comunidade global. Traduziu o primeiro livro em prosa de Hilda Hilst, Fluxo-floema (Nightboat Books / A Bolha, 2018) Saga of Brutes, de Ana Paula Maia, e autora de Tall Slim & Erect: Portraits of the American Presidents (Les Figues Press, 2012). Pesquisadora especializada em histórias pessoais, graduada em literatura comparada pela Brown University e mestre em fotografia pela Yale School of Art (EUA), já deu aulas em Yale, Massachusetts College of Art, College of the Holy Cross e Rhode Island College. Atualmente, dedica-se ao Urca Institute, organização que fundou no Rio de Janeiro com o objetivo de identificar, documentar e divulgar o patrimônio cultural imaterial em territórios no entorno da Baía de Guanabara.

Teresa Carmody é escritora, editora e diretora do programa MFA of the Americas da Stetson University, Flórida - EUA. Seus projetos mais recentes incluem “Hide and see” e DeLand, um livro para View-Master, brinquedo de visualização 3D, feito em colaboração com a artista multimídia Madison Creech. É autora de Maison Femme: a fiction, um roman à clef sobre duas mulheres que dirigem uma editora independente a partir de um porão em Los Angeles. Maison Femme traz imagens feitas pela artista e escritora Vanessa Palace, cofundadora, com Carmody, da Les Figues Press, atualmente um selo da LARB Books. Carmody tem um MFA em escrita criativa da Antioch University e é PhD em Inglês/Ficção pela Universidade de Denver.

O MFA of the Americas da Stetson University é um programa de residência de curta duração em escrita criativa que oferece graduações em Prosa e Poesia em Campo Ampliado. Ministrado por escritores e artistas visuais, o curso com dois anos de duração ocorre no Atlantic Center for the Arts em New Smyrna Beach, Flórida, e em locações internacionais ao longo do continente americano.

Local

Machado de Assis Auditorium

Rua México s/n Rio de Janeiro, RJ 20031-144
Ana Paula Maia participará de debate na Biblioteca Nacional no dia 13 de junho de 2018. Fotografia de Rodolfo Buhrer.
Alexandra Joy Forman participará de debate na Biblioteca Nacional no dia 13 de junho de 2018.
Teresa Carmody participará de debate na Biblioteca Nacional no dia 13 de junho de 2018.