A “Coleção Econômica” (1895-1898) da Livraria Laemmert & C. Editores na formação do campo literário brasileiro

Dezembro, 2017
Pedro Paulo Garcia Ferreira Catharina
Pesquisa
bolsista doutor, Editora Laemmert, Coleção Econômica, campo literário, popularização do romance, mediação cultural

Bolsista Doutor

Estudo da “Coleção Econômica” (1895-1898) da Livraria Laemmert & C. Editores na perspectiva do campo literário (Bourdieu). Trata-se de entender o empreendimento dos editores (Bragança, Mollier), no âmbito da globalização da cultura no século XIX (Abreu, Casanova), como mediação no processo de transferências culturais (Chartier, Espagne) – fundamental para a formação do campo literário brasileiro ao final do século XIX, momento de forte popularização do romance. Pela análise material dos romances que compõem a coleção e da documentação relativa aos editores, itens presentes no acervo da FBN, busca-se também observar a circulação da coleção no país através de parcerias entre editores e livreiros (agentes mediadores), o que determinará a constituição de um campo literário brasileiro autônomo.

Vídeo: 

4º Jornada de Pesquisadores da Fundação Biblioteca Nacional