Visita orientada

Conheça a história da Biblioteca Nacional, seu acervo e o belo prédio histórico, com destaque para a arquitetura imponente, que inclui escadarias, amplas claraboias em vitral colorido, bela ornamentação, salas preservadas, além das obras de arte, como quadros e esculturas.

A visita orientada na Biblioteca Nacional é gratuita e pode ser realizada de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, em três idiomas: português, inglês e espanhol. O visitante deverá se apresentar na recepção da visita orientada, localizada no Saguão Principal. Bolsas e sacolas deverão ser guardadas nos escaninhos da instituição, que funcionam com um sistema acionado por uma moeda de R$ 1,00, que é devolvida após o uso.

Visitas especiais ou em grupos

Também podem ser agendadas visitas para grupos específicos, permitindo um roteiro dirigido para cada público, em função de seu perfil e interesses.

O agendamento de visitas especiais pode ser feito pelo número (21) 2220-9484 ou pelo e-mail visiguia@bn.gov.br.

A visita

Conheça o interior do prédio histórico, inaugurado em 1910, e aprecie sua arquitetura imponente, com escadarias, amplas claraboias em vitral colorido, ornamentação elegante e salas preservadas, além das obras de arte que decoram os espaços, como quadros, painéis e esculturas. Durante a semana, o visitante poderá visualizar o interior das salas de leitura através de portas blindex. O acesso ao interior das mesmas é exclusivo para os pesquisadores em consulta ao acervo, desde que devidamente registrados. Excepcionalmente aos sábados, é possível visualizar apenas as salas do segundo piso – Obras Gerais e Periódicos.

Nos corredores, no Salão de Obras Raras e no Espaço Cultural Eliseu Visconti é possível visitar exposições temáticas, que reúnem peças de diversas coleções.

Os guias que orientam os visitantes são especialmente selecionados e preparados para transmitir informações históricas sobre a Biblioteca Nacional, seu acervo, suas coleções e principais obras, transformando a visita em um roteiro cultural inesquecível.

O visitante tem também a opção de fazer a visita por conta própria, sem a orientação de um guia.